ESTRATÉGIA E GESTÃO

"24 horas de lean" será "termômetro" sobre gestão no mundo

Flávio Augusto Picchi
"24 horas de lean" será "termômetro" sobre gestão no mundo
Seminário online vai reunir, em 24 horas, mais de 100 palestrantes de 32 países

Como o mundo é obviamente muito grande e diverso, é sempre complexo acompanhar como anda a gestão das empresas em nível global, quais são as principais preocupações, as mudanças e as tendências.

No entanto, por vezes, há pistas relevantes que podem nos indicar como estão as mentalidades, os conceitos e as práticas que hoje inspiram boa parte dos gestores de companhias no mundo.

Uma dessas pistas é o Lean Global Connection, um grande seminário online que vai reunir, em 24 horas, mais de 100 palestrantes de 32 países. Esse encontro vai ocorrer das 11h da manhã do dia 29 de novembro às 11h da manhã do dia 30. É totalmente gratuito, mas é necessário se inscrever (https://bit.ly/3uEv1NS).

Ao dar uma olhada na agenda dos temas, é interessante notar que as palestras e debates vão abordar uma diversidade de assuntos que hoje estão na ordem do dia no mundo, sempre buscando o enfoque de como a gestão lean pode trazer um novo olhar a cada uma delas.

Logo na abertura do evento, temos um painel que mostra bem a atualidade do conceito lean e como ele continua evoluindo. Estarão nesse painel os gurus que revelaram o conceito lean ao mundo – James Womack e Daniel Jones – juntamente com José Ferro, que participou da pesquisa do MIT, liderada por esses pioneiros, que revelou o conceito lean ao mundo. É sempre uma honra lembrar que Ferro me antecedeu nesta coluna "Enxuga aí", inspirada na tradução do termo "lean", que significa "enxuto", sem desperdício.

O título desse painel já revela muita coisa: "A máquina que está mudando o mundo… novamente", numa referência ao título do livro que popularizou as conclusões daquela pesquisa. O "novamente" se refere às reinvenções do lean, que continua ampliando as formas de aplicação em todos os setores, inclusive no de mobilidade, onde surgiu.

O conjunto de assuntos abordados é bastante amplo, reforçando que, há muito tempo, a gestão lean comprovou que se aplica à empresa toda e a todos os desafios estratégicos que enfrentamos.

Por exemplo, a questão de se unir de forma sustentável ao crescimento econômico com a proteção ao meio ambiente. Ou como enfrentar os problemas advindos da pandemia. De que maneira promover e sustentar uma transformação digital sem se "digitalizar os desperdícios" tão presentes nos processos. O necessário e cada vez mais debatido "respeito às pessoas" dentro das empresas. As maneiras mais eficazes de se promover inovação e desenvolvimento de novos produtos e serviços, entre outros.

De forma similar, os especialistas vão discutir a aplicação do sistema lean em um leque variado de áreas, como agronegócio, construção civil, manufatura, serviços, logística, saúde… o que mostra como a gestão lean está disseminada amplamente nos variados ambientes de negócio.

Tudo isso em meio a dezenas de casos de aplicação prática, com resultados expressivos em organizações de ponta, como Microsoft, Roche, Nestlé, Philips, Toyota, HP, BRQ, Hospital Sírio-Libanês, Andrade Gutierrez, Novonordisk, CI&T, entre outras. O Brasil está, inclusive, muito bem representado, com diversos casos que mostram o avanço do conceito lean por aqui.

É chover no molhado dizer que vivemos, cada vez mais, na era do conhecimento. Talvez seja mais apropriado ressaltar que o mais importante é se "aprofundar", entrar no detalhe do conhecimento. E uma das formas de se fazer isso é certamente compartilhando e vivenciando conhecimentos e experiências relevantes de outras pessoas, se possível de áreas distintas da nossa.

É isso que se conseguirá neste encontro. Será uma oportunidade única de aprendizado, de compartilhamento e de vivência sobre a gestão lean. E de reflexão sobre como sua empresa e as atividades nas quais você atua no dia a dia podem ser mais "enxutas".

Publicado em 24/11/2021

Autor

Flávio Augusto Picchi
Presidente do Lean Institute Brasil.