DIGITAL

Por que a sua empresa precisa de uma transformação digital lean?

Erasto Meneses, Maria Fernanda Vieira
Por que a sua empresa precisa de uma transformação digital lean?
A transformação digital é uma necessidade urgente. Para que essa transformação ocorra de maneira ágil, sustentável e de maneira eficaz para os negócios, ela deve se unir ao pensamento lean.

Nos últimos tempos, a importância da transformação digital é um tema onipresente nos diálogos corporativos. Sua relevância para a competitividade dos negócios foi sentida e potencializada com o acontecimento da pandemia da COVID-19.

Os modelos de negócio que eram compatíveis com os formatos digitais ganharam protagonismo, e os que não eram tiveram que se adaptar para sobreviver. Um forte indício disso é que em 2020 tivemos um aumento de 30% de clientes buscando iniciar ou alavancar suas jornadas digitais em comparação com o ano anterior.

Como continuar entregando valor para o cliente nesse novo contexto? A operação atual consegue entregar as demandas digitais com agilidade e de maneira sustentável? Os investimentos com tecnologia estão atingindo seus objetivos iniciais? O retorno esperado está sendo alcançado?

As indagações acima surgem como consequência do novo cenário. Para além dos efeitos da pandemia: a velocidade das mudanças no comportamento do cliente e, consequentemente, nos ambientes corporativos exige que as empresas transformem continuamente a forma como trabalham e pensam. Para continuar prosperando perante as incertezas, as empresas buscam o início das suas jornadas de transformação digital.

São diversas as abordagens e as nuances conceituais quando se fala desse tema. Uma simples pesquisa na internet aponta para direções completamente diferentes. A gama de assuntos varia de data-driven marketing à internet das coisas. Desenvolvimento de aplicativos e plataformas omnichannel à inteligência artificial. Inteligência de negócio à realidade virtual aumentada. Big data aos métodos ágeis.

As abordagens são diversas porque a natureza dos problemas também é diversa. Num passado não muito distante, os problemas que demandavam transformação digital tinham origem na operação: robotização de processos ou desenvolvimento de ferramentas tecnológicas para conseguir aumentar o desempenho no dia a dia, por exemplo. Com a sua aceleração, a transformação digital ganhou um caráter mais estratégico, uma vez que passou a ser essencial para os negócios.

A jornada de transformação digital deve começar lean

No que tange à garantia de conexão da operação com a estratégia e o uso da tecnologia para resolver o problema certo, a abordagem de transformação digital lean é a que se faz necessária. Tal abordagem propõe o processo de transformação como uma jornada que começa com a eliminação de desperdícios de forma sistêmica e inovadora, proporciona a definição de estratégias certeiras e utiliza métodos e ferramentas adequadas, sempre tendo no centro das suas melhorias a experiência do cliente.




O pensamento lean é um elemento fundamental nesse processo, uma vez que orienta as transformações do mundo analógico para o digital de modo a garantir uma entrega contínua de valor para o cliente final. Tal pensamento é a base para um sistema de gestão cuja essência é a capacidade de eliminar desperdícios continuamente e resolver problemas de maneira sistemática. Isso implica repensar a maneira como se lidera, gerencia e desenvolve pessoas. Dessa forma, acreditamos que iniciar a jornada com processos estabilizados e estruturados (algo que é possível com o lean) favorece uma robusta transformação digital é fundamental para garantir o sucesso.

As necessidades e o comportamento dos clientes mudam constantemente, e tais alterações de rotas demandam agilidade para responder às mudanças. O impacto disso é sentido de ponta a ponta da empresa, desde o desenvolvimento de novos produtos até a entrega de valor para o cliente final, e passa por todas as áreas da empresa.

Mais que apenas mudar junto, é necessário garantir que elas gerem aprendizado organizacional. Para conseguir se adaptar e reagir com agilidade, a transformação digital lean propõe uma governança Lean-Agile bem definida, que proporciona e sustenta uma estrutura organizacional simples, resiliente e adaptável ao mercado.

Propomos a utilização de tecnologias disruptivas como acelerador e alavanca dessas transformações. O uso adequado e consciente da tecnologia em todos os diferentes estágios da transformação digital lean acelera exponencialmente os resultados e objetivos estratégicos da organização, tendo como foco os dois principais pilares: o da eficiência operacional e o da sustentação das melhorias.

Por exemplo, o entendimento dos padrões de comportamento que o Data Science proporciona, auxilia na gestão e na tomada de decisões. Já o RPA (Robotic Process Automation), bem como outras ferramentas de aceleração da entrega de valor, contribuem no aumento da eficiência operacional e no desenvolvimento de novos produtos e serviços.

Tudo isso sem perder de vista uma atuação sustentável e que garanta a satisfação do cliente. Não basta, por exemplo, utilizar RPA em um processo que não foi previamente refinado. Sem padrões, o caos será automatizado, e no fim a tecnologia disruptiva gerará mais prejuízo do que resultado positivo.




A jornada de transformação digital lean, portanto, se propõe a fazer o melhor uso da tecnologia, entregar valor com agilidade e eliminar desperdícios de forma inovadora, colaborativa e sustentável. Resultado disso é a melhoria absoluta da experiência do cliente e a abertura de portas para descoberta, inclusive de formas de gerar receitas ainda não pensadas.

Fonte:
Publicado em 05/04/2021

Autor (es)

Erasto Meneses
É Head de Lean Digital Transformation no Lean Institute Brasil.
Maria Fernanda Vieira
É Especialista Lean no Lean Institute Brasil.