Lean na Armazenagem (Warehousing)

25 a 26 ABR 2017
Siemens
Cabreúva/SP

Fala-se muito que o TPS (Toyota Production System) dita a eliminação do warehouse. Sem dúvida esta seria a situação ideal em um ambiente lean, mas não se deve esquecer que esta "situação ideal" só será possível se conjugada a uma reformulação total no sistema de produção e nas logísticas interna, inbound e outbound.

A Toyota conseguiu esse feito aplicando o TPS em toda a sua cadeia produtiva, iniciando com a aplicação dos conceitos na produção e expandindo para todo o sistema a partir da necessidade. Portanto, é fundamental que a empresa, ao implementar os conceitos de logística lean no warehouse, já tenha iniciado a transformação lean na fábrica e tenha identificado a necessidade de melhorar o processo de armazenagem e separação de produto acabado ou matéria-prima.

Para tanto, faz-se necessária a mudança de organização, através da adoção do tempo takt, visando à eliminação dos desperdícios gerados pela sobrecarga das operações (picos no final do mês) e pela ociosidade no warehouse.

Manter essas mudanças exige a adoção de mecanismos de controle visual e trabalho padronizado, aplicados às atividades de logística no warehouse, bem como kanban de movimentação que funcionam como poka-yoke, evitando assim envios incorretos de produtos para o cliente.

Se a existência do warehouse é um mal necessário, então deveremos administrá-lo para que este seja o mais lean possível, provendo ao cliente o material certo, no momento certo e na quantidade certa.


PROGRAMA

Conceitos básicos de organização – 5S;
Gestão visual da armazenagem;
Os desperdícios no processo de armazenagem;
Exercício prático: identificando os desperdícios na armazenagem;
Definindo o takt nas operações do warehouse;
Aplicando o GBO para identificar os desperdícios;
Definindo o trabalho padronizado para as atividades da logística;
Dimensionando a mão de obra necessária a partir do tempo takt;
Exercício prático: dimensionando o sistema de armazenagem;
Como o kanban pode ajudar na movimentação de material;
Localização fixa ou randômica;
Como elaborar um plano de implementação.

CARGA HORÁRIA - 16 horas (2 dias consecutivos).

Através de preleções, discussões, exercícios e citação de exemplos práticos, este treinamento apresentará como realizar os kaizen e gerenciar um warehouse lean.

Dentre aqueles que podem se beneficiar com este workshop, estão:

  • Coordenadores lean, almoxarifes, engenheiros, supervisores e gerentes da área de logística e controle de materiais;
  • Qualquer empresa de manufatura e de logística.

Livro de Apoio

Autor(es):
Robert Martichenko / Kevin von Grabe
Ano: 2011
Páginas: 111

Apostila do treinamento

Artigos

  • Não há artigos relacionados...

Publicação

  • Não há publicações relacionadas...

Videos

  • Não há vídeos relacionados...

Investimento

R$ 1.790,00

Incluído

Material de apoio e alimentação.

Formas de Pagamento

  • Boleto bancário;
  • Depósito bancário;
  • Cartões de crédito Visa ou Master (até 3x sem juros).

Descontos para o mesmo ou para treinamentos diferentes

10%
A partir de 3 inscrições
15%
De 4 a 8 inscrições
25%
Acima de 8 inscrições

Condições de pagamento

25 a 26 ABR
2017

Cabreúva/SP

Alexandre Cardoso

Gerente de Projetos

Especialista em Lean Thinking com mais de 20 anos de vivência prática, gerencia projetos de implementação dos conceitos em grandes empresas dos setores de alimentos, químico, automotivo, metalúrgico, consumo e de serviços. Desenvolve materiais e ministra treinamentos relacionados ao lean nas áreas de operação, logística e vendas para empresários e gestores. Engenheiro Eletricista pela FESP, Mestre em Gestão da Produção pela Escola Politécnica da USP e Especialista em Lean Leadership pela Universidade de Kentucky EUA.

25 a 26 ABR 2017
Siemens
Cabreúva/SP